sábado, 11 de setembro de 2010

Olhar sem ver


A programação do "Reconstruções" continuou com os designers Klébeson Moura e Yorrana Maia. Eles falaram sobre despreendimento: é preciso se libertar do olhar mecânico com que vemos as coisas no dia-a-dia para descobrir novos formatos, texturas, cheiros e, claro, possibilidades para reutilizar e reconstruir.

Depois das orientações, foi a hora de "olhar" com os demais sentidos. Com os olhos vendados, os participantes podiam tocar, cheirar e comer elementos, dentro do laboratório de sensações.

Carne crua, cubos de madeira, massa de modelar, jujuba, leite em pó, balões...

... couve-flor, bandeja, folhas de boldo, cravinho e folhas secas foram alguns dos elementos redescobertos.

Assim foi o primeiro dia do Reconstruções. Estaremos por perto e postaremos todos os detalhes. Acompanhem!

3 comentários:

carolina coroa disse...

Gente, achei muito legal a idéia da casa, a GraziRibeiro me contou tudo hoje aqui em São Paulo. Parabéns!

Natália Lima disse...

Porque eu não vi antes aaaaaaaahh!!!queria m ter participado

CASA252 disse...

Olá, Carolina. Tudo bem? Obrigado pela visita ao blog e esperamos tê-la pessoalmente também =D.

Oi, Natália!! A inscrição para as oficinas acabou, mas ainda terá um momento, no final de tudo, que poderás participar. A gente divulga aqui no blog.